MODELAGEM DE CARBONO EM SOLOS SOB FLORESTA NATURAL E SISTEMAS AGROFLORESTAIS NO RIO GRANDE DO SUL E SANTA CATARINA

MODELAGEM DE CARBONO EM SOLOS SOB FLORESTA NATURAL E SISTEMAS AGROFLORESTAIS NO RIO GRANDE DO SUL E SANTA CATARINA

Autores

  • Laís Miron
  • Ricardo Bergamo Schenato

DOI:

https://doi.org/10.55592/CFB.2022.4549100

Resumo

O efeito estufa natural é responsável pela manutenção da temperatura no planeta. Desde que começou a Revolução Industrial as ações humanas iniciaram o efeito estufa antrópico, sendo que os principais responsáveis pelo desequilíbrio de carbono (C) atmosférico são as queimas de combustíveis fósseis e o desmatamento. O estudo teve como objetivo levantar dados bibliográficos e de campo para a modelagem do C no solo. A pesquisa ocorreu no portal de periódicos da CAPES, originando um arquivo com 420 dados de 47 artigos. O resultado mostra uma disparidade entre as pesquisas de C no Brasil nos diferentes usos de solo, evidenciando lacunas em relação às pesquisas de C nas florestas nativas do país, já que a agricultura convencional é a com maior número de dados (37) e menor concentração de C na camada de 0-40 cm (33,76 MgC).

Downloads

Publicado

2022-11-09

Como Citar

Miron, L., & Bergamo Schenato, R. (2022). MODELAGEM DE CARBONO EM SOLOS SOB FLORESTA NATURAL E SISTEMAS AGROFLORESTAIS NO RIO GRANDE DO SUL E SANTA CATARINA. 9° ongresso lorestal rasileiro, 1(1), 99–102. https://doi.org/10.55592/CFB.2022.4549100

Edição

Seção

Trabalhos Científicos
Loading...