CRESCIMENTO DE Pinus taeda CLONAL INFLUENCIADO PELA FERTILIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE RESÍDUO DE CELULOSE EM SANTA CATARINA

CRESCIMENTO DE Pinus taeda CLONAL INFLUENCIADO PELA FERTILIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE RESÍDUO DE CELULOSE EM SANTA CATARINA

Autores

  • Antonio Carlos Vargas Motta
  • Shizuo Maeda

DOI:

https://doi.org/10.55592/CFB.2022.3464442

Resumo

Avaliou-se o uso de resíduo da indústria de papel reciclável, calcário e adubo no crescimento de mudas clonais de P. taeda em Santa Catarina. O experimento está localizado em Rio Negrinho, cultivo clonal de 3 anos, conduzido em DBC e cinco tratamentos (T1- Controle; T2- 25 t/ha de resíduo; T3- 2 t/ha de calcário dolomítico; T4- resíduo + calcário; T5- resíduo + calcário + 100 kg/ha de P2O5 + 90 kg/ha de K2O) e quatro repetições. Determinou-se DAP, altura, área basal, volume de tronco, ICA e IMA. Os dados foram analisados por ANOVA e Tukey a 5%. Maior crescimento foi obtido na aplicação do tratamento completo e indicam carência de um ou mais elementos. A aplicação isolada de calcário não proporcionou aumento no crescimento.

Downloads

Publicado

2022-11-09

Como Citar

Carlos Vargas Motta, A., & Maeda, S. (2022). CRESCIMENTO DE Pinus taeda CLONAL INFLUENCIADO PELA FERTILIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE RESÍDUO DE CELULOSE EM SANTA CATARINA. 9° ongresso lorestal rasileiro, 1(1), 481–484. https://doi.org/10.55592/CFB.2022.3464442

Edição

Seção

Trabalhos Científicos
Loading...